Se você olhar para o seu parceiro, você sabe exatamente: se não fosse por tudo isso, poderíamos ser muito felizes. Mas é isso que você realmente espera em um relacionamento verdadeiramente gratificante? O pensamento puro de felicidade potencial? O romântico em você pode estar apenas esperando que o amor possa conquistar tudo no final. Mas, em alguns casos, a separação ocorre apesar do amor, que geralmente é o melhor para ambos os parceiros.

Em tais situações, o relacionamento não pode mais ser salvo, mesmo por meio de sentimentos profundos. Uma separação fora da razão é um caminho doloroso pavimentado com muitos obstáculos – seus próprios sentimentos são inicialmente o maior obstáculo. Mas quando você deve admitir que o relacionamento deveria terminar melhor?

1. Se a base da confiança for destruída, uma separação faz sentido, apesar do amor

A confiança é a base de todo relacionamento humano. Isso não se aplica apenas ao amor – mas é indispensável para o amor . Se a base da confiança se romper, uma parceria saudável não pode simplesmente continuar a existir. Nesses casos, ajuda muitos casais a conversar. 

Mas quando a comunicação aberta é impossível, as chances de um relacionamento feliz são mais do que ruins e uma separação, embora um se ame, torna-se mais consciente. Nem sempre tem que ser a aventura clássica que inaugura o fim inevitável da confiança mútua.

Uma separação sensata acontece quando o parceiro fala mal de você

Se você percebeu que seu parceiro está falando mal de você pelas suas costas, é desleal ou violou sua confiança de outras maneiras, não pode continuar assim. Mesmo que seja doloroso passar pelos estágios da saudade, você tem que tomar uma decisão difícil.

Para fazer isso, pergunte a si mesmo as seguintes duas perguntas:

  1. Posso perdoar meu parceiro do fundo do meu coração?
  2. Meu parceiro está pronto para ver o erro e lutar pelo relacionamento?

Se ambos não estiverem dispostos a fazer essas concessões, a separação é inevitável, apesar dos sentimentos um pelo outro. Porque a desconfiança resultante envenenará lenta mas seguramente a parceria.

2. Separação apesar do amor: Você ama mais do que é amado?

Ao acordar, você não consegue deixar de pensar na pessoa ao seu lado. Cada vez que você olha para o seu ente querido e diz ” Eu te amo ” , seu coração parece explodir. Porém, cada vez mais você tem a sensação sombria de que está investindo muito mais no relacionamento do que no seu parceiro. 

Se você se encontra em tal situação, deve considerar romper apesar do amor . Porque uma relação não se baseia apenas na confiança, mas também no equilíbrio saudável. Muitas pessoas acreditam que seu parceiro irá amá-los da mesma maneira em algum momento – mas isso é principalmente ilusão.

Se houver um desequilíbrio de sentimentos, ninguém ficará feliz

Nem o amante nem o amado podem encontrar felicidade em uma parceria desequilibrada. Mesmo que seja bom ser amado, esse sentimento não é suficiente para uma pessoa estar completamente satisfeita. Subliminarmente, você sempre estará à procura de alguém que se adapte ainda melhor a você. Essa relação também é difícil para o amante e esgota a autoestima. Sempre existe o medo de não ser bom o suficiente e de ter que se esforçar mais. Se houver um desequilíbrio doentio entre os parceiros, uma separação amorosa às vezes é o melhor caminho para todos os envolvidos.

Dica: Se você é quem mais ama, há uma coisa que deve se perguntar: isso é o que eu valho para mim?

No final das contas, todos decidem por si mesmos que vida desejam levar. O passo para a separação apesar do amor é doloroso, mas este caminho difícil também oferece a chance de um futuro mais feliz. Encontre um parceiro que o ame como iguais e iguais.

3. Separação apesar dos sentimentos um pelo outro quando as drogas estão envolvidas

Um relacionamento não precisa terminar imediatamente se um de vocês estiver em apuros. O assunto da toxicodependência, no entanto, é difícil. Se uma pessoa for fortemente viciada em álcool ou outras drogas, existe o risco de que ela também arraste a outra para o abismo. No decorrer da vida, não é incomum que as pessoas passem por certas fases de experimentação. No entanto, se essa suposta fase evoluir para um vício real afetando a vida cotidiana, recomenda-se cautela. O relacionamento se rompe ou a separação, apesar do amor, é a consequência?

Isso é o que você deve fazer se seu parceiro estiver usando drogas

Nesse caso, a comunicação aberta é o ponto-chave e o fim de tudo. A terapia pode ajudar o adicto no relacionamento, mas para isso ele deve primeiro se envolver e reconhecer a doença como tal. Se a pessoa não estiver pronta para esse insight, não haverá mudança e uma separação, embora a pessoa esteja apaixonada, deve ser considerada.

Cuidado: em tal situação, é extremamente importante cuidar de si mesmo. Porque, mesmo por amor, sua saúde e sua vida não precisam ser prejudicadas. Encontre pessoas que pensam como você com um adicto e troque ideias abertamente.

Se você está em parceria com um adicto, precisa ter certeza de que está indo bem. Às vezes, a única coisa que ajuda é a difícil decisão de terminar apesar do amor.

4. Separação porque a violência está envolvida

Quando seu parceiro levanta a mão para você, não tem nada a ver com amor. Não defenda o outro, nunca depende de você se o outro é violento! Uma separação apesar do amor deve ser iniciada rapidamente neste caso. Embora na verdade não seja possível falar aqui de amor. Frequentemente, é da dependência emocional da qual devemos nos libertar o mais rápido possível.

5. Se o desejo de ter filhos não for realizado, é razoável separar-se sem razão?

Outro assassino de relacionamento para uma separação deliberadamente escolhida, apesar do amor, são planos de vida diferentes. Especialmente se vocês se conhecerem bem cedo, pode acontecer com o tempo que os casais se enfrentem e não tenham mais os mesmos objetivos. Em particular, um desejo unilateral de ter filhos pode levar ao fim do relacionamento. 

Nenhum dos lados é ajudado se um dos dois cede por amor. Se uma pessoa ainda não está pronta ou geralmente exclui a prole e ainda se envolve com crianças, o amor é tão envenenado por censuras e sentimentos de culpa quanto pelos sonhos decepcionantes do outro. Além disso: Como pais, vocês não são mais responsáveis ​​apenas por sua parceria, mas também pela família e pelo crescimento amoroso de seu filho. Se a base não for correta, a prole também perceberá isso e poderá ter consequências.

6. Separação apesar do amor: um relacionamento de longa distância está condenado?

Um relacionamento à distância também costuma ser um verdadeiro teste de estresse para casais, o que pode levar à separação, apesar dos fortes sentimentos um pelo outro – mesmo que ambos se amem. Algumas pessoas precisam da presença do parceiro mais do que outras e, sem ela, ficam cada vez mais infelizes. Confiança e ciúme também desempenham papéis cruciais aqui. 

Nenhum dos lados deve ser responsabilizado por isso. Para alguns, a distância é mais fácil de controlar do que para outros. Se um ou ambos não conseguem lidar com um relacionamento à distância, infelizmente, uma linha é inevitável.

7. Separação temporária sem motivo: a reconciliação pode funcionar?

Muitas vezes, apesar do amor, uma separação racional é realizada por ambos os parceiros com uma lacuna: a oportunidade de voltarem a ficar juntos após um intervalo. Embora a distância um do outro possa realmente salvar o relacionamento em alguns casos , o retorno geralmente ocorre por medo ou autoengano. Nessas condições, uma segunda tentativa está fadada ao fracasso. 

Se isso pode funcionar novamente após um rompimento, mesmo que vocês se amem, também depende de como vocês se separaram. Se um relacionamento terminou com consentimento mútuo e sem ressentimento, as pessoas podem se encontrar novamente após um intervalo – se o amor for forte o suficiente.

Conclusão: uma separação apesar do amor oferece novas oportunidades

Romper é doloroso na maioria dos casos, mas quando o amor ainda está envolvido, pode parecer quase insuportável no início. Além disso, outros fatores desempenham um papel decisivo que impede alguém de decidir se separar apesar do amor:

  • Ansiedade de separação
  • Medo de machucar o outro
  • Com medo de se arrepender da separação mais tarde

Importante: sempre converse abertamente com seu parceiro sobre seus próprios sentimentos. Porque o amor ainda pode ser salvo.

No entanto, se todos os esforços não derem frutos, você deve admitir lentamente para si mesmo que um rompimento é inevitável para sua felicidade futura no amor. Porque mesmo que o medo e a dor inicialmente predominem em uma separação, apesar dos sentimentos um pelo outro, você deve sempre manter uma coisa em mente: o fim de um relacionamento infeliz pode ser um novo começo após a separação e anunciar um novo amor. Um amor que inclui uma parceria com respeito mútuo, fidelidade e lealdade e na qual ambos sejam felizes.