categorias: Prato Principal, Receitas

Seguindo a receita do chef: Peixe à forestier

Assistir a um programa de culinária e ficar com vontade de experimentar aquele prato que está sendo servido: Quem nunca? É justamente por esta motivação que as receitas, em geral, ficam disponíveis no site da emissora, certo? Acontece que, algumas vezes, essa vontade é esquecida logo após encerramento do programa, seja por falta de planejamento, preguiça ou dificuldade para encontrar os ingredientes. Mas… e quando o desejo permanece?

Culpada Confesso - Receita Claude Troigros - Peixe à forestier - Twitter

Foi o que aconteceu com Mateus, ao assistir um episódio do “Que Marravilha! Chato pra Comer” do Chef Claude Troigros. Ficamos imaginando o sabor do peixe envolvido no bacon preparado para convencer a “chata” que odiava o cheiro dos frutos do mar. Enfim, ele observou bem a receita, anotou a lista de ingredientes, e, chegado o final de semana, partimos para as compras e preparo!

Culpada Confesso - Receita Claude Troigros - Peixe à forestier - Prato

Durante todo o processo – da receita ao preparo – a gente vai encontrando umas dificuldades e fazendo adaptações:

  • A receita foi preparada com badejo;
  • É importante comprar bacon fatiado bem fininho, com tiras compridas. Aqueles de caixinha do supermercado tem tiras grossas e curtas, que não enrolam o peixe completamente e soltam durante a fritura;
  • O molho, na quantidade proposta, demora a reduzir;
  • A receita descrita é diferente do vídeo: coloquem pimenta dedo-de-moça no molho, porque fica muito bom.

No final, o almoço foi excelente e, como bônus, ainda aprendemos algumas coisas. Ah! Não posso esquecer de avisar: escolhemos acompanhamentos diferentes, que já estamos acostumados a preparar, e deixamos o foco da experiência no peixe. Um passo de cada vez, né?

A receita original do peixe à forestier do chef Claude (disponível no site do GNT) diz assim:

Ingredientes

Para o namorado

  • 04 filets de namorado de 160g cada
  • 20 fatias de bacon finas
  • Sal, pimenta do moinho

Para o molho

  • 1 cebola roxa picada
  • 4 dentes de alho descascados amassados
  • 100ml vinagre balsâmico
  • 500ml vinho tinto sirha
  • 300ml de molho de tomate
  • 100ml de água
  • 150g de manteiga
  • Tomilho, louro e alecrim (a gosto)

Modo de preparo

Para o peixe

  1. Tempere o namorado com sal e pimenta;
  2. Disponha as 4 fatias de bacon em cima, uma colada na outra;
  3. Disponha o namorado em cima do bacon;
  4. Enrole no bacon apertando bem;
  5. Feche num papel PVC;
  6. Guarde uma hora na geladeira;
  7. Retire do PVC;
  8. Toste até ficar crocante numa frigideira, e vire;
  9. Finalize por 10 minutos no forno a 180°C

Para o molho

  1. Sue no azeite cebola, alho e ervas;
  2. Deglaceie com o vinagre balsâmico e reduza;
  3. Coloque o vinho tinto e a água. Reduza totalmente;
  4. Coloque o molho de tomate e ferva;
  5. Peneire e verifique os temperos;
  6. Finalize com a manteiga.

Vamos tentar outras receitas e conto tudo por aqui. E vocês, se fizerem o mesmo, comentem aqui também, combinado?

2 comentários

  1. DEONIRA LA ROSA 11.04.2016

    Por favor, posso fazer o molho forestier desta receita e usar no dia seguinte?
    Obrigada

    1. Amelí 12.04.2016

      Oi, Deonira!
      Nós congelamos o que sobrou e Mateus comeu uns 03 dias depois. O sabor continuou igual, mas a separação da manteiga do restante do molho fica bem visível.
      Pra servir no dia seguinte, talvez seja interessante preparar até o passo 5 (Peneirar e verificar os temperos) e só finalizar com a manteiga na hora de servir.
      Depois me conta se deu certo, tá?
      Obrigada pela visita! =D

Deixe seu comentário