categorias: Onde Ir, Restaurantes

Larriquerrí: guardado na memória e no coração

Esse não é um post qualquer, turbinado com uma chamada romântica. Confesso que fiquei preocupada com o título final, mas, acreditem em mim: o Larriquerrí é um lugar muito especial.Culpada Confesso - Larríquerrí - Entrada

Discretamente instalado numa galeria no bairro do Garcia, o restaurante fica na elegante praça Alexandre Fernandes e, já na entrada, tem aquela atmosfera de conforto. Depois a gente passa a porta de vidro – plotada com um texto simpático – e chega ao bistrô.

Culpada Confesso - Larríquerrí - Ambiente

Durante todo o jantar, a sensação era de cuidado e tranquilidade. Na montagem do espaço, no atendimento telefônico, na recepção e, especialmente, na reserva da mesa: escrita manualmente e decorada, também, com desenhos feitos à mão.

Culpada Confesso - Larríquerrí - Reserva de mesa

As mesas ficam um tanto próximas, porque o espaço é bem pequeno e, nessa noite (como sempre acontece), estavam todas reservadas. Mas todos os presentes, numa certa sintonia,  conversavam baixinho, cada um com sua companhia. Interessante observar a sequência lógica dos clientes: entra, senta, fala com a atendente e, em seguida, decide o que vai pedir olhando o cardápio escrito na parede. Quem preferir, pode solicitar a versão em papel.

Culpada Confesso - Larríquerrí - Cardápio GDE

Começamos nossos pedidos com dois sucos. O meu era de morango e Mateus escolheu laranja. É possível acompanhar o movimento dos pedidos sendo enviados à cozinha e chegando prontos ao salão, num clima intimista mesmo.

Culpada Confesso - Larríquerrí - Sucos

Confesso que demoramos um pouco pra definir a entrada. Isso porque, entre as opções tínhamos trouxinhas de carpaccio, steak tartare, polvo ao vinho… Ficamos com a burrata.  Cremosa e geladinha, chega à mesa acompanhada de salada.

Culpada Confesso - Larríquerrí - Burrata

E uma cestinha de pães diversos. Quentinhos, contrastaram bem com o queijo!

Culpada Confesso - Larríquerrí - Cesta de pães

Seguimos no dilema para a escolha do prato principal. Putz, tudo parece ótimo! A moça explica a composição dos molhos que acompanham as massas frescas e nos deixa ainda mais indecisos. Acontece que eu AMO filé a poivre e, por isso, escolhi o tornedor de filé à poivre com batata gratinada. Nem sequer cogitei fotografar o ponto da carne, porque estava ocupada demais saboreando.

Culpada Confesso - Larríquerrí - Tornedor de filé à poivre

Durante o serviço, o proprietário visitava as mesas, checando se estava tudo bem. Conversamos um pouco, ele falou sobre sua esposa – a chef responsável -, sobre a criação do restaurante, sobre o cardápio e aí, papo vai, papo vem, mencionou a palavrinha mágica: gorgonzola! Sim! Mateus pediu a mezzaluna recheada com damasco e molho de gorgonzola. Prato bem servido, apresentado em louça delicada, que eu comeria em quantidades absurdas! Não lembrou a minha infância na Itália (hehehe), mas quase me transportou pra lá.

Culpada Confesso - Larríquerrí - Mezzaluna com damasco e gorgonzola

O nome da sobremesa

Satisfeitos, pedimos a conta. Mas, peraí! “Aquela sobremesa ali, é feita de que?”, perguntei. Ao ouvir a descrição do Se Ligue – sorvete de creme, café e licor frangelico – não contive o impulso e pedi. Ainda bem! Sabor incrível que me fez dispensar o café e levar o gostinho pra casa.

Culpada Confesso - Larríquerrí - Sobremesa se ligue

Voltamos pra casa conversando sobre os bons momentos que passamos lá. O assunto, entre outros detalhes, incluía a felicidade de conhecer um empreendimento familiar tão bacana e me lembrou aquela frase do Pãozinho do Céu: “quando a gente faz com amor, o sabor é diferente”. Por tudo isso, pagamos, aproximadamente, R$ 155. E voltaremos!

Larriquerrí
Praça Alexandre Fernandes, nº 160 – Garcia – Salvador/BA
Telefone: (71) 3263-5632
Instagram: @larriquerri
Facebook: Larriquerrí

2 comentários

  1. Larriquerrí 25.05.2015

    Muito obrigado pelo carinho! Ficamos muito gratos pela lindíssima postagem dedicada ao nosso empreendimento. Realmente procuramos fazer tudo com muito esmero e amor para que aquele momento seja especial, fazendo parte de sua memória afetiva. Ficaremos muito felizes com o retorno de vocês.

    Abraços carinhosos,

    Larriquerrí
    cozinha, memória e afeto

Deixe seu comentário