categorias: Prato Principal, Receitas

Eu que fiz: Arroz de Polvo (A melhor receita de todos os tempos)

Vocês estão acompanhando as aventuras culinárias aqui de casa? Pois hoje, teremos um capítulo especial. Porque o carro chefe ainda não tinha aparecido neste blog: o Arroz de Polvo de Mateus! Sim! Uma receita aprimorada ao longo de vinte anos, sabia? Pra não ficar nessa de “casa de ferreiro, espeto de pau”, vamos revelar os detalhes desse prato especialíssimo.

Culpada Confesso - Arroz de Polvo - Prato

Ah! Mais uma vez, o título do post diz “eu que fiz” mas isso não é tão verdade. Nesse preparo, mais uma vez, eu sou sous-chef.

Ingredientes

  • 01 polvo grande (aproximadamente 02 kg);
  • 02 limões pequenos;
  • 02 cabeças de alho fatiado;
  • 3/4 xícara de cebolinha picada;
  • 01 pimentão vermelho pequeno cortado em cubinhos;
  • 01 pimentão amarelo pequeno cortado em cubinhos;
  • 1/2 xícara de leite de coco;
  • 03 colheres de chá de páprica picante;
  • Azeite de oliva (suficiente para refogar);
  • 3 e 1/2 medidas de arroz arbório;
  • 02 medidas de arroz vermelho;
  • queijo parmesão ralado em lascas (suficiente para cobrir o refratário);
  • sal a gosto.

Culpada Confesso - Arroz de Polvo

Como preparar

Antes de qualquer coisa lavo o polvo bem lavado (atenção para as ventosas) e passo bastante limão. Cozinho o polvo apenas com uma cebola grande. Quando a cebola ficar mole, o polvo também estará.

Truque de mestre: não precisa bater no bichinho, nem colocar na panela de pressão, porque há um risco grande de passar do ponto, perdendo textura (característica peculiar do octópode em questão) e sabor. #FicaDica

Paralelamente, refogo alho num bom azeite de oliva até começar a dourar e, em seguida, entro com os pimentões. Pego o bichão já cozido, corto os tentáculos em rodelas, a cabeça em pequenos pedaços e jogo tudo nesse refogado. Em fogo baixo, coloco a páprica picante, um pouco de sal (uso sempre Sal Rosa, do Himalaia ou Flor de Sal), leite de coco e, finalmente, a cebolinha. Essa etapa demora cerca de 15 minutos.

Com a água (coada) que cozinhei o polvo, faço o arroz vermelho, depois o arbóreo.

Misturo tudo (o refogado e o arroz cozido), coloco parmesão ralado na hora por cima e levo ao forno por, aproximadamente 20 minutos (até o queijo derreter) e pronto.

A quantidade de temperos fica por conta de quem faz (eu uso sempre alho pra caramba), então, façam as suas adaptações.

3 comentários

  1. Quêudina 21.08.2014

    Minha boca está inundada!!! Fiquei louca para preparar esse polvo maravilhoso para os meus amores.
    Eu, que nunca escrevia comentários nos blogs que visitava, agora não consigo sair daqui sem me pronunciar.

    1. Amelí 21.08.2014

      Obaaaaa! São comentários como esse que fazem o “blogar” valer a pena!
      Depois conta como ficou, viu?
      =D

Deixe seu comentário