categorias: Lojas, Onde Ir

Eataly e São Domingos: diferentes conceitos

Olá,

Continuando as minhas andanças por São Paulo, hoje eu vou falar de 2 locais voltados à gastronomia Italiana, mas com conceitos e histórias bem diferentes. O primeiro é relativamente um bebê, pois nasceu em 2004, mas cresceu rapidamente chegando a 29 lojas distribuídas por 6 países. Um negócio que já nasceu grande, pois na sua estratégia de expansão, criou e comprou ações de empresas de alimentos e bebidas de alta qualidade, assim como uma agência voltada ao turismo gastronômico. Rapidamente ela se destacou no mercado internacional e possui um plano de expansão.

Já o segundo, que podemos considerar um vovô,  existe desde 1903 e sua história se confunde com a história da cidade de São Paulo. “Reza a lenda” de que até o projeto do “Minhocão” (viaduto), foi alterado para que a padaria não fosse ao chão. É o Moderno X Tradicional e cada um vai ter sua preferência. A minha eu conto no final…

EATALY

Há aquelas pessoas que gostam de sair para comer fora, aquelas que gostam de cozinhar e ainda as que gostam de fazer as duas coisas, como eu. E para todas essas pessoas é difícil passar por São Paulo sem a curiosidade de visitar o Eataly.

O nome Eataly nasce da fusão das palavras EAT, comer e ITALY, Itália em inglês, com um objetivo muito simples, um lugar onde você pode comer, comprar e aprender.  Ele faz parte de uma rede de 29 lojas ao redor do mundo, sendo a de São Paulo localizada no Itaim Bibi.

Itaim Bibi é um bairro nobre de São Paulo que abriga uma população classe média, média-alta  e é sede de grandes empresas como a Google e o Yahoo. Nada no meu quilate financeiro, mas vamos lá, pois a curiosidade é maior que a conta bancária…

culpada-confesso-carol-marques-eataly-01

culpada-confesso-carol-marques-eataly-02

É uma estrutura de shopping center com produtos importados, massas frescas, tudo de excelente qualidade e fora do meu orçamento. Essa é a pior parte para reles mortais que não são providos de uma conta bancária abastada. O olho brilha ao ver os produtos e o olhar desfalece quando se encontra com o preço. Lógico que tem algumas coisas acessíveis, como um pesto de azeitonas em promoção por aproximadamente R$ 25, valor razoável perto do azeite com trufa branca por cerca de R$ 300,00.

culpada-confesso-carol-marques-eataly-03

Ainda assim achei interessante ver toda aquela infraestrutura voltada à gastronomia e pretendo retornar um dia para provar algo em um dos restaurantes do local ou quem sabe fazer um dos cursos oferecidos.

Padaria São Domingos

Voltamos ao Bexiga, mas dessa vez para conhecer uma das padarias centenárias de São Paulo. Escondida na rua de mesmo nome, essa pequena padaria fundada em 2 de julho de 1913 pelo calabrês Domenico Albanese é um pequeno espaço de perdição.

culpada-confesso-carol-marques-padaria-sao-domingos

Enquanto o Eataly parece um shopping center, espaçoso e moderno, a São Domingos é quase do tamanho de uma garagem com produtos apinhados por todos os lados.  São queijos e salames no teto, massas secas na vitrine, massas frescas, azeites, queijos, conservas e enlatados, biscoitos, tudo isso em uma variedade surpreendente para o tamanho do espaço que ocupa.

culpada-confesso-carol-marques-padaria-sao-domingos-02

culpada-confesso-carol-marques-padaria-sao-domingos-03

culpada-confesso-carol-marques-padaria-sao-domingos-04

E olha que nem falei da padaria em si, com pães que saem quentinhos, alguns com recheio de queijo ou calabresa, cujas prateleiras são esvaziadas rapidamente.

culpada-confesso-carol-marques-padaria-sao-domingos-05

Ah, e o que falar dos doces? Pode acreditar que ainda há o espaço reservado para os doces. Ficamos com tanta dúvida sobre o que escolher que um cliente, italiano e super simpático, nos indicou o cannoli, essa massinha frita em forma de canudo com recheio de creme ou chocolate. O docinho originário da Sicília nos encantou com sua mistura entre a crocância da casquinha com a cremosidade e o dulçor no  ponto certo do recheio.

culpada-confesso-carol-marques-padaria-sao-domingos-cannoli

E ainda levamos uma caixinha de crustuli para casa.

culpada-confesso-carol-marques-padaria-sao-domingos-crustuli

Essa massinha crocante lembra massa de pastel frita e polvilhada com açúcar e canela. Na massa podemos perceber um leve toque de anis. Novamente um cliente italiano foi conferir comigo se os crustulis estavam bem fininhos, o que garante uma crocância maior ao docinho.

Acho que já deu para perceber qual foi o meu local preferido né?

Não que eu não tenha gostado do Eataly, mas tenho que admitir que a mistura de preço baixo, qualidade e tradição são imbatíveis para mim. Eu e minha irmã estávamos mais perdidas do que cego em tiroteio sobre o que levar. Eu queria levar a padaria inteira, incluindo os clientes gente boa que nos ajudaram a  escolher os produtos.

Fica essa dica valiosa de São Paulo. Se não for a padaria São Domingos, tem outras 3 padarias centenárias na cidade. Se elas resistiram até hoje é porque tem muita coisa boa para oferecer e merecem a nossa visita.

Inté!

Eataly Brasil
Av. Pres.Juscelino Kubitschek, 1489 – São Paulo/SP
Telefone: (11) 3279-3300
www.eataly.com.br

Padaria São Domingos
Rua São Domingos, nº 330 – Bela Vista – São Paulo/SP
Telefone: (11) 3104-7600
www.paoitalianosaodomingos.com.br

Deixe seu comentário