categorias: Produtos

Chocolate Casino 70%: noir mas não intenso

Eu não comprei a barra de chocolate Casino 70% por impulso, apesar da vontade (sempre imensa) de experimentar um produto novo. Da primeira vez que a vi nas prateleiras, a despensa aqui de casa estava bem abastecida de chocolate e, por isso,decidi esperar. Mas fiquei com aquela curiosidade guardada na memória: será que teremos mais chocolates amargos (de verdade) nas prateleiras dos supermercados? Porque, até aqui, as aquisições desta categoria tem sido feitas em lojas específicas, não é verdade?

Culpada Confesso - Chocolate Casino Noir 70% - Embalagem

Um mês depois, retornei ao supermercado e pensei: “Por que comprá-lo? Por que não comprá-lo? Comprei-o, de coração” #ArmandoVoltaFeelings e aqui estou, depois de experimentar. Os pedaços (divisão padrão interna) são grandes, de modo que 100g rendem quadradinhos 08 porções. Tem decoração em tirinhas parecidas com a foto da capa, suavidade, maciez…

Culpada Confesso - Chocolate Casino Noir 70%

Mas falta aquele gosto concentrado de chocolate. Para os 70% anunciados, creio que ao menos 10% tenham fugido no transporte entre a fábrica na França e as prateleiras aqui no Brasil, porque a concentração se assemelha, bastante, ao percentual do Schogetten que tem 50% cacau. Esta proporção classificaria o produto, no máximo, como meio-amargo, creio eu.
No balanço final, apesar de não atender à proposta, o chocolate é gostoso. Ah! Temos aqui duas opiniões diferentes sobre o retrogosto: Mateus acha que dura bastante e eu, por outro lado, acho que some bem rápido.
Comprei a barra com 100g por R$ 15,90 no Extra Hipermercado.

Deixe seu comentário